Coreógrafo do Amazonas leva Bumbá para Universidade da Bahia

Wilson Júnior vai ministrar a oficina “Boi de Quilombo – Conexão Norte e Nordeste”

Baianos vão conhecer as toadas originais do Festival

O coreógrafo amazonense Wilson Júnior, fundador da Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras, vai ministrar uma oficina gratuita de boi bumbá no Campus da Universidade Federal da Bahia (UFBA) em Salvador – Ondina e em Simões Filho, região metropolitana da Bahia, de 14 a 15 de março.

A oficina foi denominada “Boi de Quilombo – Conexão Norte e Nordeste”, e tem incentivo da Lei Paulo Gustavo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC), na categoria cultura popular.

Baianos na toada

De acordo com Wilson Júnior, a oficina “Boi de Quilombo” desvenda o universo da dança do boi bumbá de Parintins e se fortalece em pesquisas na Universidade Federal da Bahia.

O artista terá como auxiliar o coreógrafo Bruno Sousa, e produção de Jéssica Moça e Jeferson Viegas. Além dos bailarinos Rayana Fortes e Robson Silva e a Mestranda em dança e produtora cultural Louise Lucena (Ifádámiláre Ọ̀jẹ̀yímiká)

“Todo trabalho também será realizado com os músicos da UFBA e, como resultado do trabalho, haverá um minidocumentário da oficina. A oficina será ministrada pela primeira vez para o público baiano de Salvador e encaro como a oportunidade de levar um pouco da minha cultura para este lugar”, disse.

Programação

Segundo a programação, no dia 14 de março, a oficina será realizada das 15h às 17h. Enquanto isso, no dia 15 de março, a oficina vai acontecer de 10h até 12h no Campus da Universidade Federal da Bahia. E das 17h30 às 19h30 na Academia de Balé Doce Salteado, em Simões Filho.

A oficina terá um repertório totalmente montado com as toadas de Caprichoso e Garantido, com temáticas voltadas à cultura africana. Entre elas: As Cores da Fé (Garantido), Boi de Encantaria (Caprichoso), Boi de Negro (Caprichoso), Cabanagem (Garantido), Festa do Povo Negro (Garantido) e Terra Mãe Ancestral (Caprichoso).


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *