Conselho de Enfermagem garante que situação da categoria vai se normalizar

O Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (COREN/AM) garantiu que o governo do Amazonas vai regularizar a situação dos técnicos de enfermagem que trabalhavam como terceirizados nas unidades de saúde do Estado. Explica que uma liminar do conselho, na Justiça Federal, obrigou o Governo Estadual e o secretário de Saúde, Rodrigo Tobias, a contratar temporariamente, todos os profissionais que trabalhavam em “ que há anos sofriam com atrasos e falta de pagamentos”,justifica. Caso não contrate os funcionários, o governo estadual poderá pagar uma multa diária de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais).

No final do ano passado, além dessa irregularidade, o Conselho de Enfermagem constatou que enfermeiros estavam sendo obrigados a atuar na assistência de forma isolada, sem qualquer auxilio dos técnicos de enfermagem, que não recebiam os salários a mais de quatro meses. Desde a semana passada o governo iniciou o processo de contratação dos Técnicos de Enfermagem e se comprometeu a contratar também os enfermeiros.

O presidente do COREN-AM, Sandro Pinto, disse que o conselho está monitorando a situação. Apesar dos avanços nesse cenários, boa parte dos enfermeiros estão com salários atrasados em até cinco meses, sem que o governo tenha apresentado uma resposta definitiva em relação ao assunto.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *