Comunidades que protegem quelônios recebem recursos do Ibama

Duas reservas extrativistas receberam cestas básicas e rádio comunicadores

Os insumos são adquiridos por pessoas que foram multadas mas podem converter o valor em equipamentos

o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Amazonas realizou neste último final de semana a entrega de 40 cestas básicas e seis pares de rádios de comunicação para duas comunidades da Reserva Extrativista Jauaperi, em Novo Airão, na calha do rio Negro e na divisa com Rorainópolis, no estado de Roraima. Nessa reserva, os ribeirinhos monitoram as áreas de desova de quelônios, trabalho que é acompanhado pelo Ibama-AM por meio do programa Quelônios da Amazônia.

Multas ambientais

Os insumos entregues são provenientes do programa de conversão de multas dos autuados por infrações ambientais. Os infratores têm a possibilidade de realizar a conversão da sua multa em desconto de até 60%, prestando serviços de melhorias ambientais, através da adesão a projetos existentes na instituição tais como o CETAS ou Programa Quelônios da Amazônia.

Fortalecimento das comunidades

O superintendente do Ibama-AM, Joel Araújo, afirma que adesão à conversão e a entrega dos insumos são de grande importância para fortalecer as comunidades que realizam o manejo de conservação das espécies de quelônios da Amazônia. “É um árduo e grandioso trabalho que merece muito reconhecimento pois ao longo dos anos vêm trazendo resultados satisfatórios em relação ao aumento da população dessas espécies na região”, ressaltou o superintendente.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *