Comitê Anticorrupção pede “eleições livres e limpas” em Coari

Entidade manifesta solidariedade ao Ministério Público Eleitoral

Canal de comunicação está aberto para receber denúncias da população

O Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção divulgou nota oficial nesta quinta-feira (25) manifestando “repúdio” contra práticas políticas antigas de crimes eleitorais e também “solidariedade” ao Ministério Público de Coari.
A entidade se referia aos fatos ocorridos na semana passada, quando o Ministério Público Eleitoral conseguiu na Justiça uma liminar para suspender a entrega de ranchos e documentos, marcada pelo Governo do Estado e também quando foi denunciado o uso da máquina da prefeitura municipal em favor de um dos candidatos.

Eleições transparentes

Em sua nota, o Comitê destaca que “eleições livres, limpas, transparentes, com respeito à vontade popular e à legislação eleitoral, são princípios do Estado Democrático de Direito”. A entidade colocou seus canais de comunicação à disposição da população para receber denúncias de práticas ilegais referentes à eleição marcada para o próximo dia 5 de dezembro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *