Comissão vai debater quais são os “direitos da natureza”

Novo conceito prevê que a natureza tenha seus direitos e não dependa dos direitos dos humanos

Audiência Pública acontece nesta terça-feira

Fábio Rodrigues
Especial para o ÚNICO

Brasília (ÚNICO) – A Comissão da Amazônia e dos Povos Originários e Tradicionais da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta terça-feira (4), a partir das 15h, sobre direitos da natureza, que seriam os direitos associados a ecossistemas e espécies.

Dignidade planetária

A iniciativa da audiência é da deputada Célia Xakriabá (Psol-MG). Ela pretende apresentar uma proposta para alterar o dispositivo da Constituição sobre dignidade da pessoa humana para incluir a dignidade planetária. Ela aponta a necessidade da mudança especialmente no contexto de agravamento das mudanças climáticas.

“Sem dúvida, o reconhecimento constitucional dos direitos da natureza promove uma nova era na história do direito, tendo em vista que uma das ideias mais marcantes do eurocentrismo é a da exploração da natureza, engendrada a partir da ética produtivista da revolução industrial”, afirmou.

O que são os direitos da natureza?

Os Direitos da Natureza correspondem a um novo conceito ético-jurídico baseado na cosmovisão ancestral indígena que reconhece que todos os os elementos naturais – sejam os animais, vegetais, minerais ou humanos – são interdependentes.

A ideia é firmar o reconhecimento da Natureza como sujeito de direitos, e não como objeto de direitos dos seres humanos, passível de sua apropriação e exploração.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *