Começa a retirada do acampamento em frente ao CMA

Manifestantes tentam agredir jornalistas que cobrem o desmonte

Forças de Segurança cumprem ordem do Supremo Tribunal Federal

As forças de segurança do Amazonas – que reúne a Guarda Municipal, a Polícia Militar e as tropas do Exército – estão no acampamento dos bolsonaristas na frente do Comando Militar da Amazônia, na Ponta Negra, desmontando as barracas e cumprindo a ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF, de encerrar todos os acampamentos do país.
A avenida Coronel Teixeira está fechada e as emissoras de TV estão transmitindo ao vivo a liberação do local. Há viaturas da Rocam, ônibus do Exército e caminhões retirando os banheiros químicos instalados no local.

Imprensa hostilizada

Os acampados tentaram por diversas vezes atacar os profissionais da imprensa que estão fazendo a cobertura ao vivo da retirada, disparando palavrões e xingamentos e tentando impedir as filmagens e fotografias. O comando da operação teve que delimitar a área da imprensa, para o lado oposto da avenida Pedro Teixeira, de onde está o acampamento.
Mais informações em instantes.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *