Cine Teatro Guarany apresenta curtas especiais reunidos por Roberto Kahane

Diretor resgatou acervo do cineasta luso-amazonense Silvino Santos

Cineasta navegava entre Manaus e Rio de Janeiro em suas obras

No próximo sábado, 2 de dezembro, o Cine Teatro Guarany abre a sala de exibição para seis obras do diretor de cinema luso-amazonense Silvino Santos, devidamente resgatadas pelo também cineasta e também amazonense Roberto Kahane, que mostram imagens antigas de Manaus, do Rio de Janeiro em duas sessões consecutivas – uma às 18h30 e outra às 21h, com entrada franca e classificação livre..
O projeto de Kahane, intitulado “Silvino Santos, o Fim de um Pioneiro”, é uma produção de 1970, ano do falecimento do cineasta que foi o primeiro em todo o mundo a fazer filmes na Amazônia.

Confira as obras resgatas e que serão apresentadas

● Silvino Santos, o Fim de um Pioneiro (1970)
Direção de Roberto Kahane e co-direção de Domingos Demasi Filho

● Fragmentos da Terra Encantada (1971). Imagens do Rio de Janeiro – 1923
Recuperação dirigida por Roberto Kahane

● 1922, a Exposição da Independência (1971). Imagens do Rio de Janeiro – 1922-1923
Recuperação dirigida por Roberto Kahane e Domingos Demasi Filho

● Vale Quem Tem (1974). Imagens de Manaus, AM – Anos 20
Direção de Roberto Kahane

● A Propósito de Futebol (1974). Imagens do Rio de Janeiro – Fluminense – 1924
Direção de Roberto Kahane

● Entrevista com o diretor Roberto Kahane sobre o cineasta Silvino Santos. Apresentado por Norma Araújo.

Serviço:

Local: Cine Teatro Guarany
(Av. Sete de Setembro, nº 1546, Vila Ninita anexo ao Palácio Rio Negro – Centro)
Quando: Sábado, 2 de dezembro
Horário: 18h30 às 21h
Valor: Entrada Gratuita
Classificação indicativa: Livre


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *