Centro de Cooperação Policial Internacional será implantado em Manaus

Anúncio foi feito pelo ministro Flávio Dino

Novo órgão faz parte do Plano de Segurança da Amazônia

Brasília (ÚNICO) – Manaus vai sediar o Centro de Cooperação Policial Internacional, que vai fiscalizar para a proteção da Amazônia, e de centros integrados de comando e controle, com ênfase em inteligência integrada. Esse novo órgão faz parte do Plano Amazônia, que está sendo desenvolvido pelo Governo Federal*

Plano de Segurança

O ministro da Justiça, Flávio Dino, disse ontem que o plano de segurança para a Amazônia prevê a criação de 34 novas bases fluviais e terrestres com presença constante de forças policiais federais e estaduais. Segundo ele, a ideia é usar recursos do Fundo Amazônia para custear a construção desses postos de controle.
As diretrizes do plano foram elaboradas com a participação dos governos de todos os estados da Amazônia.

Plano Amazônia

Na semana passada, Dino se reuniu, em Brasília, com embaixadores e demais representantes de 23 países da União Europeia para apresentar o programa, batizado de Plano Amazônia: Segurança e Soberania, além de ações realizadas pela Polícia Federal no primeiro semestre do ano, sobretudo aquelas em cooperação com a Agência da União Europeia para a Cooperação Policial (Europol).
“O que se passa na Amazônia brasileira é de interesse nacional e mundial”, observou.

Patrulhamento

Pontos do plano de segurança, que já haviam sido anunciados pelo próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva, incluem a ampliação e modernização dos meios navais que patrulham os rios da Amazônia, a modernização da rede de Capitanias, delegacias e agências da autoridade marítima, suporte dos pelotões da fronteira, aumento de operações na Amazônia, aquisição e modernização de sistemas aeroespaciais e de equipamentos logísticos para as Forças Armadas.

Com informações da Agência Brasil


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *