Carros novos podem ficar mais caros em 2024

Veja os itens obrigatórios a partir deste ano

Montadoras chinesas podem “segurar” os preços

Fábio Rodrigues
Especial para o ÚNICO

Brasília (ÚNICO) – A virada do ano vem junto com novas regras para a indústria automotiva. A partir de janeiro, todo carro vendido no Brasil vai ser obrigado a ter novos itens de segurança, como faróis de uso diurno e controle de estabilidade.

Essas mudanças poderão encarecer os veículos novos, na avaliação do coordenador dos cursos automotivos da FGV, Antônio Jorge Martins.

“A incorporação de alguns itens, especialmente de segurança, tendem a elevar os custos da empresa e, com isso, existe uma tendência de elevação dos preços”, explica.

Veja quais são os novos itens obrigatórios

Todos os carros novos a partir de 1º de janeiro, precisam sair de fábrica com luzes diurnas (as DRLs, que não precisam ser LEDs e podem ser lâmpadas convencionais), controle de estabilidade (ESC), alerta de cinto afivelado e teste de impacto lateral.

Indicação de frenagem brusca e repetidores de seta nos retrovisores ou para-lamas também se tornam obrigatórios.

Fábricas chinesas

O coordenador dos cursos automotivos da FGV, Antônio Jorge Martins explica que com a presença de fábricas chinesas que vem se consolidando no Brasil e, com a continuidade dessa expansão, dificilmente as montadoras terão interesse em reajustar os preços.

“O aumento da competitividade inibe a elevação”, acredita ele.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *