PRIMEIRA MÃO

Campanha eleitoral não empolga

Urna
Falta exatamente 30 dias para acabar a propaganda eleitoral gratuita na tv e rádio. E até o momento, a campanha continua fria, sem conseguir empolgar e envolver o eleitor no processo eleitoral.

Candidatos a prefeito de Manaus dizem que estão de pires na mão

Arthur pisa no acelerador na reta final do mandato

Josué Neto entra pra valer na campanha de David

Bolsonaro confirma viagem a Manaus

Falta exatamente 30 dias para acabar a propaganda eleitoral gratuita na tv e rádio. E até o momento, a campanha continua fria, sem conseguir empolgar e envolver o eleitor no processo eleitoral. Nenhuma proposta ou projeto se destacou. Nas redes sociais, a campanha também segue no mesmo compasso, sem que os políticos consigam engajamento dos internautas. O resultado é que os números das pesquisas eleitorais continuam inalterados, com Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante) cada vez mais consolidados para a disputa do segundo turno.

Candidatos sem dinheiro

Com exceção de Alfredo Nascimento (PL), que recebeu doação de R$ 6 milhões da direção nacional do partido, e de José Ricardo (PT), que recebeu R$ 1,2 milhão também da direção nacional do PT, os demais candidatos alegam estar com os cofres praticamente vazios. Ricardo Nicolau (PSD) recebeu até agora R$ 500 mil, doação do irmão Luiz Alberto Nicolau, diretor-presidente do grupo Samel. Amazonino recebeu doação de R$ 410 mil da direção estadual do PSL e R$ 60 mil do diretório municipal do Podemos. Capitão Alberto Neto recebeu R$ 61 mil reais de doação de pessoas físicas, sendo R$ 10 mil do candidato a vice, Orsine Junior, e R$ 5 mil do próprio Alberto Neto. Coronel Menezes (Patriota) arrecadou R$ 56,6 mil, sendo que R$ 35 mil são recursos doados pelo próprio candidato. O milionário Romero Reis (Novo) se doou R$ 50 mil. Gilberto Vasconcelos recebeu R$ 7 mil da direção nacional do PSTU.

Não prestaram contas

David Almeida, Chico Preto (DC) e Marcelo Amil (PCdoB) ainda não prestaram contas à Justiça Eleitoral.

A tragédia na família Fernandes

A tradicional família Fernandes foi mais uma devastada pelo maldito coronavírus. Primeiro foi o advogado e ex-deputado estadual Miquéias Fernandes e ontem o irmão, o ex-prefeito de Manaus (1979-1982), José Fernandes, que iniciou o processo de ocupação do que hoje chamamos de Zona Leste. Duas vidas que se somam as mais de 4 mil que tombaram para a Covid-19, que continua infectando diariamente mais de 600 pessoas no Estado e matando e dilacerando famílias.

Arthur acelera

O prefeito Arthur Neto (PSDB) tem pessoalmente acompanhado o ritmo das obras em andamento na capital. Neste mês de outubro, aniversário de Manaus, Arthur vem entregando obras concluídas a cada dia. ” Isso só está sendo possível, graças ao equilíbrio financeiro”, explica.

Josué na campanha

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Josué Neto (PRTB) colocou toda a estrutura do partido para trabalhar pela candidatura de David Almeida. ” Estamos de corpo e alma com o David”, disse.

Bolsonaro em Manaus

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) virá ao Amazonas na primeira semana de novembro para realizar ações de divulgação de turismo no Estado, mostrando uma visão positiva na região, mesmo com a questão ambiental local fortemente abalada devido à quantidade de queimadas. Além de Manaus, onde deve declarar apoio explicitamente ao candidato do Patriota, coronel Menezes, Bolsonaro vai visitar os municípios de Barcelos e São Gabriel da Cachoeira.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *