Câmara aprova Lei de Diretrizes Orçamentárias para Manaus

Prefeitura prevê R$ 9,7 bilhões para o ano que vem

Lei volta para ser sancionada pelo prefeito David

Alessandra Luppo
Da redação do ÚNICO

A Câmara Municipal de Manaus aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2025, da Prefeitura de Manaus, que tem uma previsão de arrecadação municipal de R$ 9,7 bilhões.

Entre a deliberação e a aprovação foram necessários apenas três dias, mas o projeto ficou “preso” na casa legislativa por quase um mês. Pela Lei Orgânica de Manaus, a LDO precisa ser aprovada antes do recesso do meio de ano na Câmara Municipal, em meados de julho.

A LDO é uma previsão da lei orçamentária real que ainda vai ser enviada à CMM, pelo prefeito David Almeida, no mês de outubro, a Lei Orçamentária Anual (LOA). A LOA pode confirmar a previsão de arrecadação de R$ 9,7 bilhões, aumentar ou diminuir esse valor, de acordo com a programação feita pela Secretaria Municipal de Finanças (Semef).

A LDO de 2025 é 16,3% maior que a Lei de Diretrizes de 2024, que previa R$ 8,3 bilhões. A legislação volta agora para o prefeito David Almeida, para ser sancionada.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *