BR-319: governo Lula cria grupo de trabalho para avaliar recuperação da rodovia

Portaria do Ministério dos Transportes foi publicada nesta sexta no Diário Oficial da União

Missão do grupo é descobrir como aliar infraestrutura com sustentabilidade

Valéria Costa
Correspondente

Brasília (ÚNICO) – Embora esteja fora do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) do governo federal, a única via de ligação terrestre do Amazonas ao restante do país, a BR-319 (Manaus-Porto Velho) entrou no radar do governo Lula.

O ministro dos Transportes, Renan Filho, publicou portaria no Diário Oficial da União (DOU), nesta sexta-feira (17), criando um Grupo de Trabalho com a missão de apresentar soluções que unifiquem as obras de infraestrutura com a sustentabilidade, devido ao apelo ambiental da rodovia.

O GT terá representantes de secretarias do Ministério dos Transportes e de órgãos vinculados. A principal função é identificar os problemas que impedem o avanço da recuperação da BR-319 e e ainda

Realizar de um levantamento sobre a situação atual da BR-319, com foco na identificação de desafios para a otimização rodoviária;

Analisar estudos técnicos e científicos, projetos e relatórios produzidos por outros grupos que já tenham tratado do tema;

Propor medidas, inclusive normativas, para a melhoria da infraestrutura da BR-319, tendo em vista a sustentabilidade, a segurança viária e a mitigação de impactos ambientais e de mudanças do clima.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *