R4vxaaAy_400x400
“Parintina” Abatida no Curral do Garantidooo boi Garantido foi contagiado pela pauta de costume e da moralidade afoita dos bolsonaristas

Por: Ademir Ramos

Professor, antropólogo, coordenador do projeto jaraqui, do NCPAM/UFAM vinculado ao Dpto. de Ciências Sociais.

BOLSONARO ARRECADOU MUITO MAIS DO QUE O CRIANÇA ESPERANÇAAdemir Ramos

dinheiro-11

O ex-presidente Jair Bolsonaro, apelando aos seus eleitores por meio de suas plataformas sociais arrecadou mais de 17 milhões enquanto o projeto Criança Esperança, da Globo e Unicef, arrecadou menos de 13 milhões.

Os analistas sabem que toda comparação pode parecer descabida, contudo, não se deve ignorar os fatos, principalmente, quando focamos no processo eleitoral circunscrito por correlações de forças pautadas nas práticas políticas beligerantes a disseminar o ódio e a implosão da ordem democrática.

“Gato escaldado tem medo de água frio”. O medo, por sua vez, é um sentimento que pode provocar indiferença e o imobilismo político, embotando a racionalidade e a capacidade de discernimento dos eleitores cidadãos que, de tanto ser enganados, ludibriados e usados por determinados facções políticas, estão escaldados e por isso são capazes de aceitar os açoites do impostor para suprir suas necessidades primárias, fazendo pouco caso a luta pelo direito e o respeito aos valores e princípios Democráticos.

Embora a motivação e a natureza dos fatos sejam diferentes, sabemos tod@s que na política e nos negócios não tem almoço de graça. A cobrança virá na hora certa.

Os números não metem e denunciam que no presente o bolsonarismo está vivo e saltitante, a começar por Manaus que deu a vitória a Bolsonaro e de tabela elegeu o governador Wilson Lima e garantiu também a sua reeleição.

Quanto ao futuro, a projeção em curso resultará da competência e habilidade do governo Lula e seus companheiros em desarmar as bombas bolsonaristas e simultaneamente fincar os pilares políticos, econômicos e sociais para reconstrução do Brasil justo, soberano e próspero.

Não sendo possível tal feito, o fantasma político da Pandemia voltará e, dessa vez, sem oxigênio, armado até os dentes para consumar o crime, contrariando à Constituição e a Ordem Democrática movido pelo calor das massas de manobra potencializado pelo ódio e vingança das forças bolsonaristas; é quando o passado devora o presente comprometendo o futuro sob a ordem de uma liderança alucinada e delirante.


Qual sua Opinião?

Confira Também