Bolsa de Nova Iorque começou a negociar água como recurso igual ao petróleo

As alterações climáticas, a falta de compromisso com a proteção ambiental cria cenários que só existiam no cinema

Desde a última segunda-feira (7) a água começou a ser negociada como recurso (commodity) em contratos futuros na bolsa de Nova Iorque, à semelhança do que já acontece com o petróleo ou o ouro, mas sem poder ser fisicamente transacionada, segundo a Bloomberg.
De acordo com as regras da nova modalidade, os agricultores, especuladores e até municípios poderão fazer apostas na Bolsa de Valores contra ou a favor da escassez da água.
Segundo a Bloomberg, essas negociações indicam as preocupações do mercado internacional de que a água pode ficar escassa em várias partes do mundo.
“As alterações climáticas, as secas, o aumento da população e a poluição tornarão provavelmente os problemas de escassez de água e o seu preço um tema quente nos próximos anos”, disse o diretor e analista da RBC Capital Markets Deane Dray.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *