Betsy Bell Praia Morais

Betsy Bell Praia Morais nasceu em Manaus, é jornalista, da Ufam, e também acaba de se formar em História, também pela mesma a universidade.

Começou a trabalhar aos 17 anos, como recepcionista de turismo pela agência de Turismo do Tropical Hotel Manaus, onde recepcionava e fazia o translado ao hotel de turistas estrangeiros.
Ficou no emprego até sua primeira formação, onde trabalhou na Amazon Best como operadora de MacIntosh e, logo em seguida, entrou no jornal A Crítica, onde ficou por 13 anos, passando ainda pelos jornais O Estado do Amazonas e Correio Amazonense.

Como lazer, adora ler, “pegar sol”, sair com os amigos.

Pergunta – Três coisas que considera importantes para ser destaque em sua área?

Planejamento; atualização, porque estuda a respeito de tudo; foco em bons clientes e busca pela excelência no serviço, com muita personalização.

P – A prática e a teoria se completam ou uma se sobrepõe a outra?

Resposta- A teoria é fundamental. Quando você estuda a fundo algo, a prática pode ser diferente, mas nada supera o conhecimento. Você saberá o que fazer.

Costuma ler? O que?

  • Atualmente, sobre História, atualidades, novas tecnologias e inovação.

Quanto tempo em média passa no celular?

  • O necessário para saber o que tá funcionando, pesquisar o que é do meu interesse de estudo e negócios e, no máximo, uma hora / dia para somente entretenimento. Sigo os perfis mais loucos e criativos.

Pergunta – Ganhar dinheiro é sorte ou trabalho?

  • No meu caso, muito trabalho.

Pergunta – É mais fácil estudar e trabalhar atualmente do que há 20 anos?

  • Na minha área, acho mais fácil o lado tecnológico – que você tem que dominar. No entanto, estamos num mundo repleto de transformações e as mudanças em todos os sentidos são muitos. Adaptar em curto espaço de tempo não é pra qualquer um. O estudo, parece mais fácil, mas não é. Pelo mesmo motivo. Tudo que é estudado hoje, deve ter uma conexão muito alinhada com a atualidade. É um desafio acompanhar.

Pergunta – Qual seu conselho para quem quer ser um vencedor?

  • Esse conceito é polêmico. Pra mim, não está ligado apenas à questão econômica. É um mosaico de tudo que, realmente, que importa pra pessoa. Às vezes, é conseguir ficar em paz consigo mesmo. Então meu conselho: Não siga, mas persiga o que te faz bem.

Tem religião?

  • Minha religião é uma energia que reúne tudo o de melhor no mundo. Alguns chamam de Deus; outros de Alá; Tupã; Guaraci… não importa o nome, mas o tanto de bem que passa.

Qual a (o papel) importância da família no desdobramento profissional?

  • Minha família é sagrada. Ela é a base de tudo pra mim. Não gosto de expor ela ou de falar dela. É uma maneira de proteção. Mas agradeço a Deus ou à essa Energia do Universo, porque me proporcionou a melhor.

P – Como observa a presença da mulher no mercado de trabalho?

  • Ainda entre muitos preconceitos, recebendo menos que os homens, mas temos avanços importantes e me orgulho deles, porque foi uma conquista coletiva e com muita garra.

Defina riqueza, sucesso e prosperidade

  • Riqueza é ter o suficiente para realizar seus desejos, mas não é mesmo somente a quantidade de dinheiro que você consegue conquistar.

Sucesso é conquistar o resultado esperado de uma boa missão de vida e esta inclui não apenas você, mas o próximo.

Prosperidade é a quantidade de sonhos a realizar para gerar felicidade, esse bichinho difícil que todo mundo quer.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *