fbpx

Bancada do Amazonas vence mais uma contra Bolsonaro

Decisão do ministro Alexandre de Moraes agora vai para o plenário

Chico Preto diz que vai tentar candidatura avulsa ao Senado

Vice-prefeito Marcos Rotta arregaça as mangas para voltar à prefeitura

Henrique Oliveira confirma que tem o apoio do PROS

Hissa Abrahão define caminhadas para chegar a Brasília

Wilson Lima recebe apoio de pastores evangélicos

Tribunal de Contas julga 71 processos nesta terça-feira

Candidatos ao concurso da Prodam ganham mais um dia de prazo

Amazonas terá três voos semanais para a Flórida, diz a Azul

Câmara de Lojistas busca facilitar empregos para a população

Secretaria de Produção lança nesta terça a Feira Agropecuária deste ano

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

ZFM ganha mais uma

Não adiantou o presidente baixar novo Decreto sobre redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), sem resguardar setores da Zona Franca de Manaus. A bancada do Amazonas foi novamente para o Supremo Tribunal Federal (STF) em busca de suspender o decreto e conseguiu mais uma liminar com o ministro Alexandre de Moraes. Os senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) e os deputados Marcelo Ramos (PSD), Sidney Leite (PSD), Bosco Saraiva (Solidariedade) e Zé Ricardo (PT) fazem a linha de frente da defesa da ZFM e comemoraram em suas redes sociais, assim como o governador Wilson Lima (UB).

Não mudou nada, diz ministro

O ministro Alexandre de Moraes considerou que o novo decreto até excluiu 61 produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, mas não preservou “todos”. Tem que ser “todos”. E isso inclui os que ficaram de fora e, principalmente, o polo de concentrados de refrigerantes que já estava prestes a ser desmantelado. “(…) Remanesce, conforme sustentado pelos peticionários, as mesmas razões de inconstitucionalidade que fundamentaram a concessão da medida cautelar anterior”, disse ele. E tascou a liminar suspendendo parcialmente o decreto.

Em compasso de espera

Como a Zona Franca de Manaus não é para os fracos, a nova decisão do ministro Alexandre de Moraes vai ser avaliada pelo plenário do STF, ou seja, os demais ministros vão votar se concordam com ela, ou não. Ainda não há prazo para essa votação.

Chico vai à Justiça para ser candidato

Em live na noite de segunda-feira (8) Chico Preto disse que vai buscar na Justiça Eleitoral a possibilidade de ser candidato avulso para o Senado. Ele garantiu que o seu partido, o Avante, não fechou essa possibilidade. Descartou qualquer movimento para ser candidato a deputado federal ou estadual. “Não vou arregar”, afirmou.

Vice-prefeito Marcos Rotta finaliza questões partidárias

O vice-prefeito Marcos Rotta disse ao ÚNICO que está finalizando algumas questões administrativas no seu partido, o Progressista e que deve retornar a Secretaria Municipal de Infraestrutura, de onde saiu a fim de se colocar como uma alternativa a indicação do prefeito David Almeida, para vice na composição de chapa com Wilson Lima. David indicou o procurador Tadeu Souza e agora Rotta deve voltar às suas funções anteriores.

Henrique Oliveira e o PROS

O pré-candidato ao governo estadual, Henrique Oliveira, disse que tem o apoio institucional do PROS e negou rumores de que o partido tivesse migrado para outra candidatura. “Vamos caminhar com o meu partido, o Podemos e o PROS, está sacramentado”, garantiu.

Hissa define estratégia para ser federal

O ex-deputado Hissa Abrahão, que é pré-candidato a deputado federal pelo Avante, tem centralizado seu poder de fogo em Manaus e em municípios próximos à capital. Hissa teve quase 300 mil votos para senador nas eleições de 2016 e é apontado como favorito dentro do Avante para conquistar a vaga para deputado federal. O Avante trabalha com a expectativa de eleger dois deputados federais.

Pastores com Wilson

O governador Wilson Lima, candidato à reeleição, participou ontem (8) à noite da 1ª Convenção Geral de Pastores 2022, onde recebeu apoio de pastores e membros de igrejas evangélicas. O prefeito David Almeida (Avante) também estava lá dando uma força a Wilson.

Sessão do TCE

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) se reúnem nesta terça-feira (9) para o julgamento de 71 processos. São 14 prestações de contas de gestores municipais e 31 recursos, cujas avaliações serão transmitidas ao vivo pelo YouTube.

Concurso da Prodam

O prazo do pedido de isenção na taxa de inscrição do concurso público do Processamento de Dados do Amazonas (Prodam) foi prorrogado até a próxima quarta-feira (10). O motivo, segundo a Prodam, foi um período de instabilidade no site do instituto que está promovendo o concurso e que prejudicou candidatos.

Voos para a Flórida

A partir de dezembro deste ano, Manaus terá pelo menos três voos por semana para Fort Lauderdale, na Flórida, EUA, saindo do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. A informação foi revelada pelo governador Wilson Lima, ontem (8). Wilson Lima negocia ainda com a TAP Linhas Aéreas a retomada de voos para Europa, com saída direta de Manaus para Portugal.

CDL Empregabilidade

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus) vai lançar nesta terça-feira (9) o “portal CDL Empregabilidade”. Trata-se de uma plataforma concebida para facilitar o emprego de pessoas que buscam uma vaga no mercado. O pretendente se cadastra, divulga seu curriculo e as empresas buscam o perfil necessário.

Feira Agropecuária

Também nesta terça, Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) lança a 44ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro). Mais detalhes, daqui a pouco, no ÚNICO.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.