Arthur busca alternativa para evitar perdas salariais aos funcionários do município

As novas regras da Previdência Social, aprovadas pelo Congresso Nacional, passarão a valer a partir de março de 2020, com aumento no percentual de descontos mas prefeito Arthur Neto (PSDB), quer evitar perdas salariais aos servidores municipais. Arthur afirmou que mesmo sendo obrigado a aplicar a lei, vai restituir os valores equivalentes ao acréscimo de desconto no salário dos funcionários por intermédio de abono. 

Veja o que Arthur diz sobre o assunto:

 “Eu detesto essa palavra abono, mas é a forma que tenho de devolver aos servidores esse valor que será descontado de seus salários, para que eles não tenham perdas econômicas com as novas regras da Reforma da Previdência”, afirmou.

 Segundo as novas regras, os descontos serão efetuados por faixa de renda, a exemplo do que ocorre com o Imposto de Renda. Nas regras atuais, as alíquotas do INSS, para trabalhadores do setor privado, variam de 8% até 11%. Com a mudança das regras da Previdência, as alíquotas passam a variar entre 7,5% e 14%. No setor público federal, atualmente, as alíquotas são de 11% e, a partir do ano que vem, serão de 7,5% a 22%, conforme a faixa salarial.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *