fbpx

Arnaldo Garcez estreia exposição itinerante em Manaus, nesta quinta

Artista amazonense começa turnê internacional na terra em que nasceu

Com música, poesia e pintura ao vivo ele já fechou agenda para Rio, São Paulo e Europa

Na semana em que completa 65 anos de idade, o consagrado artista plástico amazonense Arnaldo Garcez dá mais uma vez em Manaus, sua cidade natal, o pontapé inicial de uma exposição destinada a conquistar o mundo. A mostra “Amazônia Plural”, que estreia nesta quinta-feira (20), apresenta cerca de 50 obras de sua visão contemporânea e expressionista de uma Amazônia urbana, fruto da vivência do artista com mais de quatro décadas de trabalho.

A exposição

A exposição, montada na galeria da OAB-Amazonas, marca o reencontro do artista, radicado há décadas no Rio de Janeiro, com a capital amazonense. O evento será celebrado ao estilo do seu criador: com música, poesia, pintura. Estão confirmadas as participações dos músicos Ítalo Jimenez, Simone Ávila e Victor França, da artista visual Gisele Alfaia e do poeta Elpídio Nunes.
“Vamos apresentar uma Amazônia com um outro olhar, é exatamente essa pluralidade que eu almejo”, diz o artista, que carrega as tintas de um “expressionismo amazônico contemporâneo”, longe dos clichês da arte amazônica tradicional. “Não tenho nada contra, mas sou um homem urbano, sempre fui. Quando olho pra Amazônia, vejo que a gente também tem uma vida urbana, como em qualquer outra cidade do mundo, com seus problemas políticos, sociais, de ordem generalizada”, afirma.

Pintura ao vivo

Um dos pontos altos da mostra ficará por conta do próprio Garcez, que irá pintar uma tela ao vivo, durante a mostra, desmistificando, como ele mesmo diz, o “estado velado de criação”, do mito do “artista em silêncio”. “O desafio é o instante”, diz ele, que já realizou esse tipo de apresentação em cidades como o Rio de Janeiro e Perúgia, na Itália.

Uma das obras do artista, em exposição em Manaus, a partir de quinta-feira (Foto: Divulgação)

Serviço:

O que: Exposição Arnaldo Garcez
Data: 20 de abril a partir das 16h
Local: Caixa e Assistência dos Advogados do Amazonas (Caaam), Avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, nº 2000, Adrianópolis, no mesmo prédio da OAB-Amazonas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *