Ano de 2023 é o mais quente do planeta e do Brasil

Foi também o mais quente dos últimos 100 mil anos

Série histórica registra temperaturas desde 1991

Brasília (ÚNICO) – O ano de 2023 é o mais quente da história do planeta e também foi o mais quente da série histórica do Brasil.

A média das temperaturas no país ficou em 24,92 graus Celsius (ºC) – sendo 0,69°C acima da média histórica de 1991/2020, que é 24,23 °C.

No ano anterior, em 2022, a média anual foi de 24,07 ºC, 0,16 ºC abaixo da média histórica.

Ondas de calor

Ao longo do ano, o Brasil enfrentou nove episódios de onda de calor, reflexo dos impactos do fenômeno El Niño, que tende a favorecer o aumento da temperatura em várias regiões do planeta. Além disso, segundo o Inmet, outros fatores têm contribuído para a ocorrência de eventos cada vez mais extremos, como o aumento da temperatura global da superfície terrestre e dos oceanos.

As temperaturas mais elevadas foram observadas no sul do Pará, Mato Grosso, sul de Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, áreas de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco e Ceará.

O mais quente dos últimos 100 mil anos

Ontem (9), o Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus, da União Europeia, confirmou que o ano passado foi o mais quente registrado no planeta e provavelmente o mais quente do mundo nos últimos 100 mil anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *