Amazonas tem quase 4 mil casos de dengue só em janeiro

Relatório aponta crescimento de 38%

Vigilância em Saúde não registrou mortes pela doença

A Fundação Vigilância em Saúde (FVS) divulgou boletim de monitoramento da dengue no Amazonas e registrou 3.934 casos da doença, no período de 1º a 25 de janeiro de 2024.

Esse total é 38% maior que o número de casos registrados em 2023, no mesmo período, que foi de 2.869.

Segundo a FVS, mesmo com o aumento dos casos, não houve registro de mortes pela doença.

Veja a incidência por município

Lábrea (490,7),
Guajará (418,8),
Jutaí (416),
Tefé (339,2),
Envira (327,7),
Alvarães (323,2),
Carauari (219,4),
Iranduba (195,1),
Presidente Figueiredo (175,9),
Manacapuru (167,6),
Rio Preto da Eva (129,1),
Manaus (106,4),
Coari (104,9),
Novo Airão (83,4),
Boca do Acre (83).

Vacinação começa em fevereiro

Nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde divulgou que 12 municípios do Amazonas estão entre os prioritários para início da vacinação contra a dengue.

São eles: Manaus, Iranduba, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Barcelos, São Gabriel da Cachoeira, Careiro Castanho. Nova Olinda do Norte, Manaquiri, Santa Isabel do Rio Negro, Autazes e Careiro da Várzea.

A vacinação vai priorizar jovens de 10 a 14 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *