Amazonas tem 6,3 mil unidades habitacionais selecionadas no Minha Casa, Minha Vida

Mais de 4 mil serão construídas em Manaus

As propostas selecionadas terão 150 dias para serem contratadas

Valéria Costa
Correspondente

Brasília (ÚNICO) – O Estado do Amazonas teve 6.350 unidades habitacionais selecionadas dentro do novo programa Minha Casa, Minha Vida, na faixa 1 (FAR), do governo federal, direcionadas para famílias com renda de até dois salários mínimos, o equivalente a R$
2.640.
Somente na capital, Manaus, são mais de 4 mil unidades selecionadas, que englobam famílias integrantes de cadastros habitacionais e também àquelas que perderam seu único imóvel por emergência ou catástrofe climática.

Seleção

O anúncio da primeira seleção de propostas para o novo Minha Casa, Minha Vida foi feito pelo presidente Lula na tarde desta quarta-feira (22), no Palácio do Planalto, com a presença de governadores e prefeitos de várias localidades e ministros. À ocasião, o ministro das Cidades, Jader Filho, assinou portaria com a homologação dessas propostas selecionadas.
Em todo o país foram 187,5 mil novas unidades selecionadas em 560 municípios, entre cadastros habitacionais e quem perdeu imóveis por catástrofes climáticas.

Avanço

Presente ao evento, o governador Wilson Lima (União) comemorou a seleção e apontou que “isso se complementa ao programa Amazonas Meu Lar”, projeto do Estado que prevê a entrega de 24 mil soluções de moradias em todo o Estado (ver vídeo).
Lima acrescentou, ainda, que o Estado vai subsidiar as famílias beneficiadas com o financiamento do Minha Casa, Minha Vida.

‘Tô muito feliz’

O senador Eduardo Braga (MDB), presidente da Comissão Mista que analisou a retomada do Minha Casa, Minha Vida no Congresso Nacional, disse estar muito feliz e satisfeito de o Amazonas e Manaus terem sido tratados de forma diferenciada dentro do programa federal.
“Cumprimos mais uma etapa do Minha Casa, Minha Vida e o compromisso de fazer casa para quem precisa”, acrescentou o senador.

Execução

As propostas selecionadas terão prazo de 150 dias para serem contratadas. O processo selecionou 187,5 mil novas unidades habitacionais em 560 municípios. Dessas, 184 mil unidades serão destinadas a famílias integrantes dos cadastros habitacionais, em todos os estados. As outras 3 mil unidades serão destinadas a famílias que tenham perdido seu imóvel por emergência ou estado de calamidade pública ou pela realização de obras públicas federais nos estados do Acre, Amazonas, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Com informações da Agência Brasil


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *