Amazonas Energia identifica “gatos” no antigo Hotel Amazonas

Consumidores comerciais são a maioria dos flagrados

Bancas de camelôs também faziam ligações clandestinas, diz a concessionária

A concessionária Amazonas Energia informou nesta sexta-feira (28) que durante uma inspeção no Condomínio Ajuricaba, antigo Hotel Amazonas, no Centro histórico de Manaus, as equipes técnicas vistoriaram 39 pontos comerciais e, destes, 22 estavam regulares e 10 tinham ligações clandestinas, os “gatos”, um tinha uma “derivação anômala” e quatro praticavam desvios de energia. Os moradores residenciais, também vistoriados, estavam todos regulares, segundo a empresa.

Sobrecarga e camelôs

Segundo a empresa, os consumidores irregulares de energia da área comercial do antigo Hotel Amazonas não são os únicos responsáveis pela sobrecarga do sistema que leva a desligamentos constantes. Na praça Tenreiro Aranha, ao lado do prédio, existe uma média de 40 bancas de camelôs com ligações de energia clandestinas, que derivam da própria ligação da iluminação pública da praça.
Os técnicos da Amazonas Energia constataram que tanto os empresários informais, quanto a população que circula por aquelas imediações correm risco de morte. Os fios que saem das bancas estão enroscados nos postes de iluminação, que naquele trecho são de metal para reproduzir o material empregado no período áureo da borracha. Um fio desencapado pode causar um choque elétrico fatal em quem encostar no poste, pois as ligações em baixa tensão possuem alta amperagem, apresentando alto risco.

Fiação será retirada

A concessionária informou que vai retirar a fiação clandestina e providenciar uma medição unificada para atender todos os camelôs, que deverá ser rateada entre os comerciantes. “É importante que os consumidores tomem consciência de que é necessário fazer um pedido de ligação para aqueles que não tiverem um contador, um medidor de energia. Vamos voltar e todos esses consumidores têm que se regularizar perante a concessionária e passar a pagar a conta”, ressaltou Albhetson Medeiros, diretor Comercial Adjunto da Amazonas Energia.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *