Aldeia Yanomami é atacada a tiros e uma criança morre, em Roraima

Os autores da agressão não foram identificados

Agentes das forças federais se deslocam para a aldeia

Brasília (ÚNICO) – A Agência Brasil, agência de notícias oficial do governo federal, divulgou que aconteceu um ataque a tiros a uma aldeia Yanomami em Roraima nesta terça-feira (4), em que uma criança morreu e cinco indígenas ficaram feridos. Um helicóptero foi enviado de Boa Vista para auxiliar no atendimento às vítimas.

Fuga dos autores

O Ministério dos Povos Indígenas (MPI) não informou quem foram os responsáveis pelo ataque, mas informou em nota que eles fugiram do local. Servidores do MPI se deslocaram para a aldeia, junto com policiais federais, militares e agentes da Força Nacional de Segurança.

Nota

“O MPI reforça que segue trabalhando com as demais esferas de governo buscando a completa retirada dos garimpeiros das terras indígenas. Essa atividade degrada não só o meio ambiente, mas ataca o modo de vida e toda a organização social dos povos indígenas”, informa a nota do ministério.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *