A riqueza do Amazonas pendurada nas árvores que ainda tem pouca exploração

A região amazônica possui uma das maiores biodiversidades do planeta, e uma enorme variedade de frutos com características inigualáveis de aroma e sabor, além de potencial nutritivo e econômico.

✅ Pesquisador do INPA estuda há 40 anos o potencial de frutas da Região

✅ Frutas amazônicas combatem colesterol e obesidades

✅ Fruta do Amazonas tem maior teor de Vitamina C do mundo

✅ Cientista diz que pupunha tem alto valor nutricional

A região amazônica possui uma das maiores biodiversidades do planeta, e uma enorme variedade de frutos com características inigualáveis de aroma e sabor, além de potencial nutritivo e econômico. No Amazonas, frutas como o açaí, cupuaçu, castanha do Brasil e a pupunha, entre outros, são alvo de estudos científicos, realizados pelo pesquisador titular Especialista em Ciências do Alimento, Jaime Paiva Lopes Aguiar, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Além do valor nutricional dos frutos, as pesquisa apontam os benefícios que podem propiciar à saúde humana frutos como camu-camu, cubiu, açaí e pupunha, na prevenção e controle de doenças crônicas não transmissíveis como diabetes, colesterol e obesidades.

Atuando há mais de 40 anos no Inpa, Jaime Aguiar destaca entre as frutas típicas, o tucumã, buriti, açaí e a pupunha pelo seu valor nutritivo e fonte de energia, e o camu-camu fruta mais rica em vitamina C.

Frutas que geram energia

“Dentre as frutas típicas, Aracaceae (classificação científica da espécie) destacam-se a pupunha, tucumã, buriti e açaí, que primam sobre as demais como fontes de energia, pigmentos, fibra alimentar e elementos minerais.

As frutas Myrtaceae (classificação científica da espécie), dentre elas o camu-camu o fruto mais rico do mundo em Vitamina C, e as Solanaceae (definição científica da espécie), como o cubiu, muito rico em fibra alimentar, muito bom para quem tem problema de constipação intestinal”, afirmou o pesquisador

Proteínas naturais

Jaime Aguiar explica sobre frutas como Caramuri rico em vitamina C, além do cupuaçu e a castanha do Brasil, rica em proteínas.

“Outro destaque também é o Caramuri muito rico em vitamina C e a castanha do Brasil (familia Lecythidaceae) como fonte de selênio, energia, proteínas e outros constituintes nutricionais, e o cupuaçu (Malvaceae) de aroma inigulável”, explicou o cientista.

Tucumã e a Vitamina A

O cientista ressalta os benefícios a saúde do cubiu fruta típica da região Amazônica que mostrou ser eficaz na redução do colesterol.

O tucumã com alto teor de vitamina A (essencial para a visão) e a pupunha, que, segundo ele, deveria estar presente na mesa dos amazonenses pelo seu alto valor nutricional.

Ainda sobre o tucumã. Tem alto teor de provitamina A e lipídios e para a redução ou a prevenção de hipovitaminose (formação inadequada de ossos, contribuindo para o raquitismo). Além disso, pode contribuir como fonte de energia para a prevenção da desnutrição energético-proteica.

Cubiu reduz glicose

Utilizado no controle de prurido da pele e na redução dos níveis elevados de colesterol, glicose e ácido úrico.

Capacidade antioxidante

Rico em vitamina C. Comparado com outros frutos a capacidade antioxidante ele supera todas, o açaí, laranja, cubiu, maçã e mirtilo.

O Portal Único buscou na internet, algumas receitas com a utilização de frutas da região. Confira:

Receitas

Bolo Maravilha de Tucumã

Ingredientes

• 1 xícara (chá) de manteiga

• 2 xícaras de açúcar

• 4 ovos

• 1 xícara de massa de tucumã (polpa batida com um pouquinho de leite)

• 2 xícaras de farinha de trigo

• 1 xícara de leite de coco

• 1 colher (chá) de sal

• 1 colher (sopa) de fermento

• Utensílios

• Batedeira

• Liquidificador

• Forma de buraco 20 a 30 cm

• Colher de pau

• Pão duro

• Xícaras de chá


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *