1º Fórum de Economia Criativa começa nesta segunda

Evento será transmitido para todo o Brasil

Debates vão acontecer no Senac da Avenida Djalma Batista

As atividades do polo de Educação Criativa do “Amazônia Criativa – 1º Fórum de Economia Criativa da Amazônia”, que tem início nesta segunda-feira (11), em Manaus, serão transmitidas para todo o Brasil, em um convênio com a empresa Brasconm – Sistema de Gestão Empresarial, de São Paulo.

O evento inédito no estado, realizado pela Valendo Economia Criativa da Amazônia, tem por objetivo fomentar o crescimento da Indústria Criativa na Amazônia Legal e promover a troca de conhecimentos entre os variados setores que compõem a Economia Criativa.

Transmissão

A transmissão, realizada no canal do YouTube da Valendo Economia Criativa da Amazônia (youtube.com/@economiavalendo), vai alcançar, além do público em geral, pelo menos 600 organizações em São Paulo por meio do convênio com a Brasconm, empresa de tecnologia que é apoiadora do evento e parceira da Valendo.

Datas do evento

O fórum acontece em dois polos: o Polo Educação Criativa, de 11 a 15 de dezembro, das 8h às 18h,com a exposição de painéis no Senac, e o Polo Economia da Cultura, no Casarão de Ideias, no Centro Histórico de Manaus, no dia 17 de dezembro, das 16h às 23h.

Participação presencial

O público de Manaus poderá participar presencialmente das atividades do fórum. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio do endereço eletrônico valendo.org.br/amazoniacriativa. A inscrição para cada painel tem a taxa de R$ 10, com estudantes sendo isentos de taxa.

Paineis

Serão apresentados três painéis por dia, abordando vários aspectos da atual situação da Economia Criativa no Amazonas e suas potencialidades. Serão disponibilizadas também 30 vagas para as pessoas que chegarem no Senac na hora das apresentações dos painéis.

Doação

O montante arrecadado com a taxa de inscrição será doado em sua totalidade para o abrigo Moacyr Alves, bem como o cachê dos especialistas que participarão dos painéis, que concordaram em doar para o abrigo.

Nova Economia

O diretor do Departamento de Economia Criativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, Turenko Beça, é um dos especialistas participantes do “Amazônia Criativa – 1º Fórum de Economia Criativa da Amazônia”. Ele participa do painel “Potencialidades da Economia Criativa no Amazonas: Identificação dos setores com maior potencial criativo e inovador na região”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *